UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/06/2010 - 15h44

França anuncia congelamento de salários de funcionários públicos em 2011

EFE
Paris, 30 jun (EFE).- O Governo francês revelou hoje algumas das medidas de ajuste que pretende aplicar nos próximos meses para cumprir seus objetivos de luta contra o déficit, em particular o congelamento do salário dos funcionários públicos em 2011.

O ministro do Trabalho francês, Eric Woerth, foi o encarregado de oficializar o congelamento do salário dos funcionários em um encontro com os sindicatos, no qual confirmou um compromisso anterior, de 2008, para aplicar uma alta de 0,5% a partir de 1º de julho.

Woerth insistiu em que, com esse aumento e levando em conta os anteriores, a progressão do poder aquisitivo dos funcionários públicos será de 3,4% e disse que, no ano que vem, serão abertas negociações com as centrais sindicais para discutir sua evolução em 2012 e 2013.

Por outro lado, o Conselho de Ministros adotou uma série de medidas para cumprir a meta de reduzir o déficit do Estado em 100 bilhões de euros até 2013, dos quais 40 bilhões virão de cortes de despesas.

Além do congelamento salarial dos funcionários, entre as medidas está o corte de 100 mil postos no funcionalismo público.

Embora o Executivo tenha se negado a falar de aumento dos impostos, o Governo prepara-se para suprimir uma série de isenções fiscais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host