UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/07/2010 - 21h01

Vendas de automóveis nos EUA caem em junho

EFE
Washington, 1 jul (EFE).- Os analistas esperavam que junho fosse ser um bom mês de vendas de automóveis, mas os consumidores se mantiveram afastados das concessionárias, em um momento de grande incerteza econômica.

Em junho, as grandes companhias como a Ford, a General Motors (GM), a Toyota ou a Chrysler registraram quedas em suas vendas em comparação com maio, fenômeno que os analistas atribuíram à piora da confiança do consumidor.

A crescente incerteza frente ao futuro da economia e do mercado de trabalho, devido à pouca geração de novos empregos, fez com que em junho o índice de confiança do consumidor sofresse uma forte queda de 10 pontos, informou há poucos dias a organização The Conference Board.

Nesta situação, os consumidores costumam adiar as compras que envolvem grandes desembolsos de dinheiro, como é o caso dos automóveis.

Os três gigantes americanos GM, Ford e Chrysler registraram quedas entre maio e junho de entre 12% e 13%. Já as vendas da japonesa Toyota caíram 14%.

A Ford vendeu em junho 175.895 carros, 13% a menos que em maio. No entanto, em comparação com o mesmo mês em 2009, as vendas subiram 13,3%.

Já a Chrysler informou hoje que suas vendas caíram 12% entre maio e junho, para 92.483 unidades. No entanto, no último ano, elas subiram 35%.

As vendas da GM caíram 13% em comparação com maio, mas subiram 11% em relação a um ano antes, quando a empresa estava saindo da quebra.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host