UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/07/2010 - 08h22

Rússia, Cazaquistão e Bielorrússia avançam rumo a união aduaneira

EFE
Moscou, 5 jul (EFE).- Rússia, Cazaquistão e Belarus deram hoje outro passo para formar uma união aduaneira com a abertura de um código de alfândegas comum para essas três antigas repúblicas soviéticas.

O acordo foi assinado pelos presidentes russo, Dmitri Medvedev, cazaque, Nursultan Nazarbayev, e bielorrusso, Aleksandr Lukashenko, apesar das divergências que persistem entre seus países com relação às normas de trocas comerciais.

A reunião tripartite ocorreu na capital cazaque, Astana, durante a cúpula da Comunidade Econômica Euroasiática, integrada também pelo Quirguistão e Tadjiquistão e na qual Ucrânia e Armênia são observadores, segundo as agências russas.

"Nossa associação entra assim em uma fase de integração avançada. A Rússia está muito contente com isso", declarou Medvedev em entrevista coletiva, citado pelas agências russas.

A futura união aduaneira será um mercado com uma população de 170 milhões de habitantes e um potencial industrial de US$ 600 bilhões, com reservas de petróleo de 90 bilhões de barris e um volume de produção agrícola de US$ 112 bilhões.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host