UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 13h35

Economia dos EUA cresce em ritmo menor no 2º trimestre

EFE
Nova York, 19 jul (EFE).- A economia dos Estados Unidos continua seu avanço no segundo trimestre, embora em um ritmo menor que o esperado no começo do ano, ao mesmo tempo que se percebem sinais de uma melhoria no emprego, segundo uma pesquisa divulgada hoje pela Associação Nacional de Economistas Empresariais (Nabe, na sigla em inglês).

"O mercado de trabalho seguiu melhorando, com incrementos na contratação e um aumento na percentagem de empresas que tem planos de contratar trabalhadores nos próximos seis meses", disse o economista do Banco do Federal Reserve em Chicago, William Strauss.

Acrescentou que a demanda industrial aumentou pelo quarto trimestre consecutivo, embora em um ritmo menor, e que se conteve a pressão dos preços e dos custos, o que permitiu que os lucros aumentassem.

Ressaltou, além disso, que o investimento de capital se manteve estável durante um ano e que os problemas de dívida e de crédito na Europa "terão provavelmente um efeito negativo" nos próximos três meses em ao redor de um terço das empresas que participaram da pesquisa.

O Federal Reserve dos EUA rebaixou na semana passada suas perspectivas de crescimento da economia americana neste ano e agora prevê que ela se situará entre 3% e 3,5%, dois décimos a menos do calculado em abril.

A demanda das empresas aumentou nos últimos meses pelo quarto trimestre consecutivo, embora se percebam sinais de um arrefecimento e o índice que mede essa variável se situou no segundo trimestre deste ano em 42 pontos, comparado com os 51 nos três meses anteriores.

Strauss ressaltou que a pesquisa "confirma que a recuperação nos EUA continuou no segundo trimestre, embora a um ritmo mais lento que no início do ano".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host