UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/08/2010 - 03h59

Economias da Apec acertam promover crescimento através do emprego

EFE
Tóquio, 8 ago (EFE).- Os representantes das 21 economias do Fórum de Cooperação Ásia-Pacífico (Apec) acertaram hoje na cidade japonesa de Beppu melhorar o crescimento econômico da região através da criação de postos de trabalho.

Segundo o comunicado oficial adotado pelos representantes de alto nível que se reuniram este fim de semana na cidade do Japão, é necessário consolidar a "qualidade do crescimento".

O documento final incide na importância da criação de emprego, o desenvolvimento de pequenas e médias empresas e reformas estruturais para buscar uma saída da crise econômica a longo prazo.

No entanto, o documento final não deixa claro como executar estes compromissos, embora se espere que o trabalho realizado nestes dois dias sirva de base para que os líderes dos países da Apec adotem medidas na cúpula do mês de novembro na cidade de Yokohama.

Na reunião deste fim de semana, os presentes se comprometeram a revisar os progressos destas estratégias em 2015, como meio para constatar a implementação destas linhas mestras.

Os membros da Apec reunidos em Beppu lembraram que este crescimento deve ser "equilibrado, não excludente, sustentável, inovador e seguro".

Além disso, afirmaram que se devem complementar esforços com o G20, que inclui as principais economias desenvolvidas e emergentes, para conseguir um crescimento equilibrado.

Além disso, o documento final pede para se promover o livre-comércio e a integração regional, assim como conciliar crescimento com uma maior proteção do meio ambiente.

Os países da Apec em seu conjunto representam mais da metade da economia mundial e 44% do comércio em termos de valor.

O Japão assumiu este ano a Presidência rotativa do Apec.

O fórum é integrado por Austrália, Brunei, Canadá, Chile, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Peru, Rússia, Cingapura, Taiwan, Tailândia e Vietnã.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host