UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/08/2010 - 01h38

Banco do Japão mantém juros em 0,1%

EFE
Tóquio, 10 ago (EFE).- O Banco do Japão (BOJ) decidiu nesta terça-feira manter as taxas de juros no baixíssimo nível de 0,1%, adotado desde o final de 2008, e também sua avaliação da economia japonesa.

Segundo informou a entidade emissora em comunicado, ao término de sua reunião mensal de dois dias, a economia japonesa "mostra novos sinais de moderada recuperação", a mesma avaliação pactuada após a reunião do mês passado.

O BOJ assegurou que a deflação, um dos problemas mais graves para a segunda economia mundial, mostrará um leve retrocesso graças à melhora da demanda.

O banco central reconheceu "que a economia do Japão enfrenta o crítico desafio de superar a deflação e retornar ao caminho do crescimento sustentado com estabilidade de preços".

O comunicado destaca ainda que a recuperação japonesa está induzida pela melhora das condições econômicas no exterior, o que ajudou a um aumento das exportações e a produção.

Em sua reunião de julho, o banco central japonês revisou para cima sua previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Japão no ano fiscal 2010 até 2,6%, contra 1,8% que projetava em abril.

Em seu comunicado desta terça, o Banco indica que a situação do emprego e da receita mostra uma melhoria, apesar de continuar sendo grave.

O BOJ também advertiu que há riscos associados a um mais rápido crescimento das economias emergentes e economias exportadoras de matérias-primas, assim como pelos eventos financeiros em nível internacional.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host