UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/08/2010 - 07h39

Google leva Street View à Alemanha, apesar das fortes críticas

EFE
Berlim, 10 ago (EFE).- O Google vai oferecer na Alemanha até o fim do ano o serviço navegação e cartografia "Street View", apesar das fortes críticas que o tema despertou no país, sobretudo a partir dos analistas de proteção de dados.

Nesta terça-feira, a filial alemã do Google anunciou que o serviço inicialmente irá funcionar em 20 cidades da Alemanha, entre estas Hamburgo e Munique, por meio do qual será possível visualizar ruas e diferentes prédios.

Para atender aos críticos do projeto, Google oferece aos inquilinos e proprietários de imóveis e casas a possibilidade de que seus prédios fiquem irreconhecíveis, após o preenchimento de um formulário pela internet.

O responsável do Google para a proteção de dados na Alemanha, Per Meyerdierks, anunciou que esse tipo de reivindicação poderá ser feito a partir da próxima semana.

Os moradores das 20 cidades abrangidas inicialmente pelo "Street View" na Alemanha "terão quatro semanas para fazer suas reivindicações", tanto através de internet quanto por escrito em carta ordinária, explicou Meyerdierks.

As imagens dos prédios cujos proprietários e os inquilinos peçam anonimato serão distorcidas mediante com uma tecnologia chamada "blurring".

Meyerdierks ressaltou que o uso do formulário de reivindicação foi acordado com o responsável de proteção de dados da cidade-estado de Hamburgo, Johannes Caspar.

Após destacar que a colaboração entre as partes "funciona bem", o representante do Google comentou que a possibilidade de reivindicar antes de tornadas públicas as imagens faz parte de um plano de 13 pontos do Google com Caspar.

Em declarações à imprensa alemã, Caspar qualificou de "precipitada" a decisão do Google, já que "as pessoas não sabem o que esperar" e considera que o prazo de contestação oferecido pelo buscador é curto.

Caspar denuncia que não há diretrizes concretas sobre quem deseja discrição. Também critica a falta de uma linha telefônica para esclarecer dúvidas dos interessados.

O novo serviço do Google foi alvo de críticas na Alemanha desde o momento em que os veículos com câmeras começaram a circular pelas ruas das cidades para gravar as imagens detalhadas dos prédios.

Tanto a população quanto as Prefeituras consideram que o "Street View" é um perigoso instrumento de informação que pode ser usado por criminosos.

Google introduziu em 2007 o serviço de "Street View" pela primeira vez nos Estados Unidos. A França foi o primeiro país europeu a ser rastreado por câmeras e a Alemanha se transformará na nação número 24 do mundo a ter o serviço.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host