UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 18h05

Déficit dos EUA alcança US$ 165 bilhões em julho

EFE
Washington, 11 ago (EFE).- O déficit fiscal do Governo dos Estados Unidos alcançou em julho US$ 165 bilhões, ligeiramente inferior ao esperado pelos analistas e também abaixo dos US$ 180,7 bilhões registrados no mesmo mês de 2009.

O Departamento do Tesouro informou hoje que a despesa superou novamente, e por 22 meses consecutivos, a receita, embora o déficit de julho tenha sido inferior aos US$ 169,50 bilhões previstos pelos economistas.

O déficit de julho foi o segundo maior no histórico de recordes para este mês. Acima deste só os US$ 180,7 bilhões registrados em julho do ano passado.

Dois meses antes de concluir o atual ano fiscal, em 30 de setembro, o déficit dos EUA se situa ligeiramente abaixo do recorde estabelecido no ano passado.

No decorrer do período fiscal, o Governo gastou US$ 1,17 trilhão a mais do que ingressou, o que representa uma redução de US$ 98 bilhões frente ao mesmo período do ano anterior.

Em todo o ano fiscal 2009, o déficit dos EUA alcançou o número recorde de US$ 1,42 trilhão.

O atual período poderia ficar acima dos cálculos do Governo do presidente Barack Obama, que esperava um déficit de US$ 1,47 trilhão para 2010.

A receita do Governo em julho ficou em US$ 155,55 bilhões frente aos US$ 151,480 bilhões do mesmo mês do ano passado.

Nos dez meses de ano fiscal, as receitas ascendem a US$ 1,75 trilhão, comparado com os US$ 1,74 trilhão do mesmo período do ano anterior, enquanto as despesas se situam em US$ 2,92 trilhões frente aos US$ 3 trilhões do período outubro-julho de 2009.

O pagamento de juros no atual ano fiscal soma US$ 185,250 bilhões. Somente em julho essa verba ascendeu a US$ 19,9 bilhões.

Em comparação, os impostos corporativos totalizaram durante os mesmos 10 meses US$ 139,710 bilhões.
Hospedagem: UOL Host