UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/08/2010 - 19h09

Lugo afirma que Paraguai se dispõe a industrializar soja

EFE
Assunção, 15 ago (EFE).- O Paraguai se dispõe a industrializar a soja, cuja produção em escala sofre com a resistência do setor socialista do Governo, afirmou o presidente, Fernando Lugo.

"O Paraguai é um dos grandes produtores de alimentos. No ranking mundial ocupamos o privilegiado lugar dos maiores produtores de soja, o que é uma conquista extraordinária", ressaltou Lugo em uma carta divulgada por causa do segundo aniversário de seu Governo.

O país é o quarto exportador mundial de soja, sua principal fonte de renda, o que explica que no primeiro semestre de 2010 tenha crescido acima dos 13%, segundo dados do setor.

"Mas agora devemos dar mais um passo, vamos dar valor agregado a nossos produtos (do agronegócio), para criar mais empregos, para melhorar nossa oferta de produtos no mercado externo", afirmou o governante.

Lugo, de 59 anos, completou hoje os primeiros dois anos de seu mandato, de cinco, após ganhar as eleições de 20 de abril de 2008 à frente de uma coalizão de ampla base ideológica, com a qual pôs fim a uma hegemonia de 61 anos no poder do Partido Colorado.

Os agrupamentos de esquerda dessa coalizão mantêm um discurso hostil aos grandes produtores de soja, em sua maioria de origem brasileira, e os mais radicais costumam invadir suas fazendas.
Hospedagem: UOL Host