UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/08/2010 - 11h21

Lucro do BB no 1º semestre mostra aumento de 26,5%

EFE
Rio de Janeiro, 16 ago (EFE).- O Banco do Brasil (BB) obteve no primeiro semestre do ano um lucro líquido de R$ 5,076 bilhões, crescimento de 26,5% frente ao mesmo período de 2009, informou hoje a instituição.

O Banco do Brasil atribuiu o crescimento dos lucros tanto ao aumento do crédito quanto à queda da inadimplência.

Segundo o comunicado emitido à Bolsa de São Paulo, a carteira de crédito cresceu 29,3% nos últimos 12 meses e somava, em junho passado, R$ 326,522 bilhões.

O Banco do Brasil vem ampliando seus empréstimos desde o ano passado como parte da política do Governo Federal de usar os bancos estatais para ampliar o crédito e enfrentar a crise econômica mundial.

A inadimplência dos créditos da instituição caiu de 3,3% em junho do ano passado para 2,7% no final do primeiro semestre deste ano.

Apesar do aumento dos lucros, o resultado do BB no semestre ficou abaixo do obtido pelo Itaú-Unibanco, que foi de R$ 6,399 bilhões, até agora o maior lucro semestral de um banco na história do Brasil.

Os lucros do BB no semestre, no entanto, superaram os do Bradesco, que somaram R$ 4,6 bilhões.

De acordo com o comunicado enviado ao mercado, o lucro do Banco do Brasil no segundo trimestre foi de R$ 2,725 bilhões, com um crescimento de 16,1% frente ao mesmo período do ano passado.

Na comparação com o primeiro trimestre deste ano, o lucro do segundo trimestre foi 15,9% maior.

Os ativos totais do banco no final de junho somavam R$ 755,706 bilhões, valor 26,2% maior que o do mesmo mês do ano passado, o que o confirmam como a maior instituição financeira da América Latina.

O patrimônio líquido somou, no final do semestre, R$ 39,332 bilhões, 21,5% superior ao de junho do ano passado.
Hospedagem: UOL Host