UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 10h57

Lucro da Walmart sobe 6,6% no 1º semestre

EFE

Nova York, 17 ago (EFE).- A Walmart ganhou US$ 6,897 bilhões (US$ 1,84 por ação) durante os seis primeiros meses de seu ano fiscal, o que representa um avanço de 6,6% frente ao mesmo período do ano passado, apesar da queda nas vendas nos Estados Unidos.

A companhia americana detalhou hoje, antes da abertura das bolsas em Nova York, que sua receita durante a primeira metade do ano fiscal (fevereiro-julho) foi de US$ 203,537 bilhões.

O valor representa um aumento de 4,3% ante o primeiro semestre fiscal de 2009, em grande parte devido ao empurrão na atividade internacional, o que influenciou no lucro líquido, junto aos cortes de despesas em meses anteriores.

Apenas durante o segundo trimestre do ano, a cadeia de lojas ganhou US$ 3,596 bilhões (US$ 0,97 por ação) e registrou uma receita de US$ 103,726 bilhões, o que representam incrementos anualizados de 3,6% e de 2,8%, respectivamente.

A Walmart foi favorecida nos últimos meses pelo avanço de seus negócios internacionais, o que ajudou a rede a compensar a queda nas vendas nos EUA - em termos comparáveis - pelo quinto trimestre consecutivo.

"Apesar dos atuais desafios da economia mundial, seguimos crescendo em lucro e chegamos a US$ 0,97 por ação", afirmou o presidente e executivo-chefe da Walmart, Mike Duke, ao apresentar os resultados da companhia.

Ele também anunciou que, para o conjunto do ano, a Walmart decidiu elevar sua previsão de lucro em US$ 0,01 para situá-lo entre US$ 3,95 e US$ 4,05 por ação.

"A lenta recuperação da economia seguirá afetando nossos clientes e prevemos que eles continuarão sendo cautelosos na hora de gastar", reconheceu Duke, que insistiu em que a cadeia "segue comprometida a fazer com que seus clientes economizem dinheiro para que possam viver melhor".

Hospedagem: UOL Host