UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 22h44

Sindicato dos Metalúrgicos do ABC inicia transmissões de canal de televisão

São Paulo, 23 ago (EFE).- O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que foi liderado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, iniciou hoje as emissões da primeira televisão do país controlada por um grêmio operário.

No ato no qual se emoldurou o nascimento da chamada "Televisão dos Trabalhadores" (TVT), Lula afirmou que este novo meio supõe "subir um degrau a mais na conquista da democracia".

"Se temos esta televisão é porque queremos um conteúdo e uma qualidade melhor que a informação que o povo está recebendo agora", disse Lula na cerimônia que deu início às transmissões, realizada em São Bernardo do Campo (SP).

O presidente ressaltou que o conteúdo deve orientar-se ao "povo trabalhador" de todo o Brasil, que deve ser convencido a ver a "TVT" por sua "qualidade e motivação".

No começo de suas transmissões, a rede vai produzir uma hora e meia de programação própria por dia, que será distribuída em oito espaços diferentes, elaborados por 70 profissionais, entre os quais se destaca um informativo de 30 minutos ao vivo.

Os outros horários serão preenchidos com reportagens e outras transmissões dos canais públicos "TV Brasil", "TV Câmara" e "TV Senado", estes dois últimos propriedade dos dois corpos do Legislativo.

Inicialmente, a televisão operária poderá ser sintonizada em dez das 27 regiões brasileiras e seus conteúdos serão oferecidos a todo o território por cabo e internet.

O Sindicato investiu R$ 1 milhão na compra de equipamentos e espera gastar cerca de R$ 400 mil por mês, informou o PT em comunicado.

O Governo concedeu a concessão a "TVT" em outubro de 2009, 23 anos depois da primeira solicitação realizada pelo sindicato, com a intermediação de Lula, então deputado da Assembleia Constituinte.

Em sua primeira emissão, a "TVT" mostrou um vídeo de 1994 no qual Lula aparece defendendo a criação deste meio que, segundo ele, poderia contribuir não só para melhorar o grau de informação, "mas também para a formação política" da população.
Hospedagem: UOL Host