UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/08/2010 - 11h27

Desemprego ficou em 6,9% em julho

São Paulo, 26 ago (EFE).- A taxa de desemprego entre a população ativa em julho ficou em 6,9%, o melhor dado para esse mês desde que se iniciou a comparação histórica, em 2002, informou o IBGE hoje.

O organismo precisou que em julho o desemprego se manteve praticamente estável com relação ao mês anterior, quando o nível da população sem trabalho chegou a 7%.

O índice de desemprego caiu 1,1% comparando com julho de 2009, quando o desemprego ficou em 8% da população ativa.

O total de população desempregada foi de 1,6 milhões de pessoas no mês de referência, número que implica uma queda de 11,3% com relação a julho do ano passado.

Enquanto a população empregada ficou em 22 milhões, dado que não supõe variações com relação ao mês anterior e que significa um aumento de 3,2% na comparação anualizada.

O número de empregados no setor formal na empresa privada também permaneceu estável em julho com relação a junho (10,2 milhões) e ficou em 5,9% frente ao mesmo período de 2009.

A taxa média de desemprego desde o começo do ano até julho ficou em 7,3%, número que implica uma queda de 1,2% frente ao valor registrado nos mesmos meses do ano passado (8,5%).

O IBGE calcula a taxa oficial de desemprego no país com o número de pessoas que procuram trabalho em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife, as seis maiores regiões metropolitanas do país.

Além disso, o índice oficial considera como empregados as pessoas integradas no setor informal, onde calcula-se que se situam cerca de 50% dos trabalhadores brasileiros.
Hospedagem: UOL Host