UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/03/2007 - 13h30

Gol: compra da Varig está livre de dívidas antigas

São Paulo - O presidente da Gol, Constantino Oliveira Júnior, afirmou hoje, em entrevista coletiva à imprensa, que a compra da nova Varig está livre de passivos da antiga Varig, que está em processo de recuperação judicial. Ele explicou que o leilão judicial já previa que a nova empresa não carregaria os passivos, fato que contou também com a aprovação dos credores da antiga Varig. Constantino Jr. reiterou que a Gol irá cumprir todos os compromissos assumidos pela nova Varig, como a emissão de R$ 100 milhões em debêntures.

O executivo disse que o impacto da aquisição sobre o balanço da Gol só poderá ser avaliado depois que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovar o negócio, o que deve ocorrer no segundo trimestre. "Vamos trazer a Varig rapidamente aos patamares de eficiência da Gol, neutralizando efeitos negativos, de maneira que ela possa contribuir com a melhora dos nossos resultados."

Aeronaves
O atual plano de crescimento de frota da Gol não sofrerá mudanças por conta da aquisição da nova Varig, segundo informou Constantino Jr. Ele afirmou ainda que a empresa também não irá transferir parte dos pedidos já feitos à Boeing para atender às necessidades da Varig.

Ações
Constantino Jr. esclareceu que a companhia emitirá novas ações para efetuar o pagamento de 6,1 milhões de papéis preferenciais, estabelecido no acordo de compra da Varig. Segundo ele, a diluição para os atuais acionistas será de cerca de 3%.

Beth Moreira
Hospedagem: UOL Host