UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/04/2007 - 16h07

Juro futuro reduz queda após alerta do Fed sobre inflação nos EUA

São Paulo - O mercado de juros na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) operou boa parte do dia em queda, em reação à saída do diretor de Política Monetária do Banco Central, Rodrigo Azevedo, que pegou os investidores de surpresa. Azevedo será substituído por Mario Gomes Torós.

Porém, faltando pouco para o encerramento do pregão as principais taxas de juros diminuíram o ritmo de baixa motivadas pela divulgação da ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

O documento trouxe de volta aos mercados um alerta sobre a inflação nos EUA, bem como sobre sinais de desaceleração econômica e baixos investimentos.

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) foram os que mais sofrem a influência do ambiente externo, onde as Bolsas norte-americanas operam com desvalorização. O DI para janeiro de 2010 fechou projetando taxa de 11,45% ao ano, na máxima, ante 11,40% do dia anterior; o DI para janeiro de 2009 encerrou a 11,56% ao ano (11,52% ontem).

Equipe AE
Hospedagem: UOL Host