UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/07/2007 - 18h36

CVM investiga alta recente de ações da Vulcabras

Rio - O superintendente de Relações com o Mercado e Intermediários da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Waldir de Jesus Nobre, confirmou hoje que a autarquia está investigando a oscilação atípica com as ações da Vulcabras antes da empresa anunciar a intenção de comprar parte do controle da Azaléia. A autarquia quer verificar se houve uso de informação privilegiada.

Na semana passada, o movimento com os papéis da Vulcabras, que tem pouquíssima liquidez na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), acionou os filtros de análise da CVM. Entre terça e sexta-feira da semana passada, as ações preferenciais da Vulcabras registraram uma alta de quase 40% e um aumento superior a 1.000% no volume diário de negócios.

Segundo Nobre, a CVM deve nos próximos dias solicitar à empresa a lista das pessoas envolvidas nas negociações para compra da Azaléia e comparar com a relação dos investidores que operaram com as ações no mesmo período.

Mônica Ciarelli
Hospedagem: UOL Host