UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/04/2009 - 08h12

Maioria das Bolsas asiáticas cai após investidores embolsarem ganhos

Tóquio - Apesar dos bons resultados de Wall Street e das notícias positivas vindas dos Estados Unidos, os mercados asiáticos fecharam sem uma tendência definida nesta quarta-feira. Algumas bolsas da região sucumbiram à realização de lucros, mas outras conseguiram sustentar os ganhos.

Foi o caso de Hong Kong, que também sofreu com as vendas, no final do pregão, de ações relacionadas a empresas chinesas. Este movimento anulou os ganhos do início da sessão, quando os investidores acompanharam a recuperação de Wall Street. Com aumento no volume de negociações, o índice Hang Seng perdeu 407,44 pontos, ou 2,7%, e encerrou aos 14.878,45 pontos.

A realização de lucros atingiu as blue chips no final do pregão, com os investidores preocupados com a possibilidade de fracos balanços corporativos no primeiro trimestre. Por conta disso, as Bolsas da China fecharam em forte queda. O índice Xangai Composto caiu 2,9% e encerrou aos 2.461,35 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 4,3% e terminou aos 819,14 pontos.

A queda além das expectativas na taxa de paridade central dólar-yuan fez a unidade chinesa se valorizar em relação à moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8300 yuans, de 6,8322 yuans do fechamento de terça-feira.

Já o mercado sul-coreano fechou em alta, vitaminado por ganhos nos papéis de tecnologia. Ao final do pregão, o índice Kospi da Bolsa de Seul subiu 1,4%, encerrando aos 1.356,02 pontos.

Em dia de sessão oscilante, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou estável. O índice Taiwan Weighted subiu 0,1% e terminou aos 5.886,11 pontos.

Nas Filipinas o mercado seguiu Wall Street e o índice PSE subiu 1,2%, fechando aos 2.073,31 pontos.

Na Austrália o mercado fechou em queda pelo terceiro dia consecutivo, alheio à recuperação em Wall Street, e o índice S&P/ASX 200 caiu 0,3%, fechando aos 3.668,20 pontos.

A Bolsa de Cingapura encerrou em baixa apesar dos ganhos em Wall Street, porque os investidores permaneceram nervosos uma vez que os lucros do primeiro trimestre ganham força. Uma queda de 17,1% na blue chip Jardine Matheson pesou no índice geral. Traders atribuíram o estranho movimento nas ações da Jardine a um possível erro de negociação. O índice Strait Times caiu 2,3% e fechou aos 1.843,41 pontos.

Na Indonésia, as ações fecharam em baixa, devido a temores com a instabilidade política depois de o partido do vice-presidente Kalla Golkar decidir formar sua própria coalizão para a disputa eleitoral presidencial em julho contra o Partido Democrático do presidente Yudhoyono. O índice composto da Bolsa de Jacarta cedeu 0,8% e fechou aos 1.615,23 pontos.

Na Tailândia, o índice SET da Bolsa de Bangcoc caiu 1,2% e fechou aos 460,62 pontos, após ter atingido 470,46, fustigado por realizações de lucros.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur subiu 0,2% e fechou aos 968,58 pontos com compras rotacionais de papéis de financeiras, agrícolas e de serviços de utilidade pública. As informações são da Dow Jones
Hospedagem: UOL Host