UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/05/2009 - 09h04

Bolsas asiáticas encerram em alta puxadas por setor financeiro

Os mercados da Ásia fecharam em alta, estimulados pelos bons resultados de Wall Street e especialmente pela presença de investidores em busca de ofertas de ocasião. O setor financeiro foi o mais beneficiado.

As ações do peso pesado HSBC e do Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) tiveram forte alta por conta dos caçadores de pechinchas, após as recentes perdas. Este movimento levou a Bolsa de Hong Kong a fechar em elevação. O índice Hang Seng ganhou 249,01 pontos, ou 1,5%, e encerrou aos 16.790,70 pontos.

Os ganhos nos demais mercados regionais fizeram as Bolsas da China fechar no território positivo, embora a contínua realização de lucros nos setores imobiliário e financeiro tenha limitado a alta. Com redução no volume de negociações, o índice Xangai Composto subiu 0,2% e encerrou aos 2.645,26 pontos - na semana, o índice acumulou alta de 0,7%, ante avanço de 6% na semana anterior. Já o Shenzhen Composto avançou 0,6% e terminou aos 885,73 pontos.

A baixa do euro em relação ao dólar, com a divulgação dos números do PIB da Alemanha piores do que o esperado, levou o yuan a se desvalorizar sobre a moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8258 yuans, de 6,8250 yuans do fechamento de quinta-feira.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, apresentou boa elevação, também ajudada pelas compras entre as 22 ações adicionadas ao índice MSCI. O índice Taiwan Weighted subiu 2% e terminou aos 6.489,09 pontos.

Os bancos lideraram a alta da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul. O índice Kospi avançou 0,8% e fechou aos 1.391,73 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou com uma modesta recuperação, graças ao desempenho de Nova York e aos fortes ganhos nas ações de mineradoras, lideradas pela Rio Tinto. O índice S&P/ASX 200 subiu 1,3%, para 3.773,2 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila avançou 2% e fechou na máxima de sete meses, aos 2.310,3 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve alta, seguindo o desempenho de Wall Street, mas os ganhos no mercado local foram encobertos por vendas de ações relacionadas a commodities. O índice Straits Times subiu 0,8% e fechou aos 2.139,78 pontos.

Na Indonésia, o mercado caiu depois de uma sessão volátil, acionado por realizações de lucros nas companhias relacionadas ao conglomerado Bakrie depois de seus recentes ganhos. O índice composto perdeu 1,9% e fechou aos 1.750,91 pontos.

Na Tailândia, o índice SET da Bolsa de Bangcoc subiu 1,4% e fechou aos 533,92 pontos, recuperando-se da baixa de ontem, baseado na valorização dos mercados regionais. Compras de papéis de bancos em oferta levaram o índice a subir, limitado, porém, por realizações de papéis de petroquímicas.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,2% e fechou aos 1.014,21 pontos. Realizações de lucros pré-fim de semana pesaram no índice, mas interesse rotacional em um punhado de blue chips e peso pesados ligados ao índice mantiveram-no no território positivo. As informações são da Dow Jones.
Hospedagem: UOL Host