UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/05/2009 - 15h22

Esvaziadas, Bolsas europeias têm fechamento divergente

Frankfurt - As Bolsas europeias fecharam entre ligeira alta e pequena queda com o volume de negócios reduzido pelo feriado no Reino Unido e nos Estados Unidos. Em um dia de poucas notícias, os investidores seguiram atentos ao teste nuclear subterrâneo da Coreia do Norte, que há algumas semanas ameaçou retomar seu programa atômico.

Em Frankfurt, o mercado conseguiu recuperar-se das perdas iniciais quando foi pressionado pelo relatório do instituto alemão Ifo sobre a confiança empresarial, que ficou abaixo do esperado. No final, coberturas de posições vendidas fizeram o índice Xetra-DAX fechar praticamente estável, com queda de apenas 0,30 ponto (0,01%), para 4.918,45 pontos. Papéis mais defensivos como Merck RWE e E.ON subiram 1,64% e 0,36%, respectivamente. O grupo varejista e de viagens Arcandor recuou 20% depois de seu executivo-chefe dizer que a companhia precisa da ajuda do governo alemão.

Na França, o índice CAC-40 da Bolsa de Paris fechou com pequena alta de 8,19 pontos (0,25%), a 3.236,16 pontos, após recuperar-se de perdas iniciais. Suez Environnement recuou 0,69%. A companhia venceu uma licitação para gerenciamento de resíduos em Abu Dhabi, um projeto com receita potencial de 200 milhões de euros. Montadoras e petroleiras também não foram bem hoje. Renault recuou 0,80% e Peugeot cedeu 1,22%, enquanto Total caiu 0,5%.

Em Madri, o índice IBEX-35 teve alta de 38,80 pontos (0,42%), para fechar em 9.347,40 pontos. Santander teve alta de 0,41% e esteve entre os papéis mais negociados, após ter anunciado a venda de sua unidade na Venezuela. BBVA subiu 0,93% e Telefónica avançou 0,54%. As informações são da Dow Jones.
Hospedagem: UOL Host