! Donos de motos não devem pagar Dpvat adiantado, orienta Associação - 07/01/2008 - InfoMoney
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/01/2008 - 09h20

Donos de motos não devem pagar Dpvat adiantado, orienta Associação

SÃO PAULO - Devido ao aumento de 38,25% no valor do Dpvat (seguro obrigatório) das motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares, a Abram (Associação Brasileira de Motociclistas) orienta os proprietários destes veículos a não anteciparem o pagamento da obrigação.

A partir deste mês, o Dpvat das motocicletas custa R$ 254,16, contra os R$ 183,84 anteriores. Já o dos automóveis continua em R$ 84,55 e o de algumas categorias, como a de veículos destinados ao transporte público, está menor.

Aumento abusivo

De acordo com a Abram, o aumento no seguro obrigatório das motos é abusivo. "Em persistindo esse aumento, o montante arrecadado com o Dpvat cobrado dos proprietários de motocicletas será de quase R$ 2,8 bilhões, o que representa cerca de 7% do que o governo arrecadou com a CPMF", argumenta a entidade.

Por conta disso, a Associação comunica que estará usando os meios legais e cabíveis para barrar, coibir e anular essa "agressão" e "afronta" que querem impor aos motociclistas.

Pagamento

Dessa maneira, a Abram orienta os proprietários de motocicletas a não efetuarem o pagamento antecipado do seguro obrigatório, junto com o IPVA, deixando a quitação para a data do licenciamento - entre abril e dezembro, de acordo com o final da placa.

Segundo o presidente da entidade, Lucas Pimentel, a orientação baseia-se no fato de a Abram acreditar que a justiça prevalecerá e que o aumento não se sustentará.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host