UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/08/2009 - 08h39

Dependendo da região, valor do aluguel quase triplica em São Paulo

SÃO PAULO - Na hora de alugar casa ou apartamento na cidade de São Paulo, quem não realizar uma boa pesquisa de preços corre o risco de gastar muito mais, indica levantamento do Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis), com base em dados de junho.

A entidade explica que a cidade é dividida em cinco zonas(*): A, B, C, D e E, sendo que os bairros são voltados para as cinco diferentes classes de renda.

Apartamentos

Analisando os apartamentos, o maior preço do aluguel empregado no sexto mês do ano estava naqueles com três dormitórios na zona A (bairros como Alto de Boa Vista, Higienópolis, Cidade Jardim, Itaim Bibi e Morumbi): R$ 2.164,29 mensais.

O menor estava nas construções com um quarto localizadas na D (bairros como Vila Maria e Cidade Ademar), custando R$ 575,71.

No que diz respeito à diferença entre imóveis com características semelhantes, a maior variação foi verificada em apartamentos com três quartos, considerando aqueles com todos os dados de região disponíveis. Na Zona A, como dito anteriormente, a locação saía por R$ 2.164,29, enquanto na E o valor era de R$ 800,00 - quase o triplo (170,54%).

Veja, na tabela abaixo, o levantamento completo de preços:

Levantamento de preços (R$) pela locação do apartamento em junho
Tipo Zona A Zona B Zona C Zona D Zona E
Um quarto 915,00 900,00 731,25 575,71 -
Dois quartos 1.150,00 1.189,66 720,37 639,88 598,33
Três quartos 2.164,29 1.700,00 1.064,29 1.000,00 800,00
Quatro quartos - 1.400,00 - - 1.500,00
Fonte: Creci-SP


Casas

Quando se analisam as casas com as mesmas características, a maior diferença de valores de locação, de 144,11%, estava naquelas com quatro dormitório localizadas nas zonas B e E. Veja:

Levantamento de preços (R$) pela locação da casa em junho
Tipo Zona A Zona B Zona C Zona D Zona E
Um quarto 800,00 825,00 440,00 435,71 353,18
Dois quartos - 1.000,00 713,04 650,00 551,88
Três quartos - - 951,30 900,00 642,00
Quatro quartos - 2.300,00 - - 950,00
Fonte: Creci-SP


Baixas e altas do aluguel em outubro

Ainda de acordo com a pesquisa do Creci-SP, os aluguéis de casas registraram mais baixas em junho. Foram seis registros de aumento contra oito de queda nos valores de locação, na comparação com o mês anterior.

Na Zona E, por exemplo, todas ficaram com aluguel mais barato, variando de -26,39% para imóveis de três dormitórios a -3,64% nos de dois dormitórios.

As quedas no segmento de apartamentos foram menores, variando de -1,23% para os imóveis de dois dormitórios situados na Zona A até -23,08% para os de três quartos localizados na Zona D.

No total, o segmento de apartamentos apresentou sete quedas, contra sete acréscimos. As maiores altas (27,58%) foram nos apartamentos de dois dormitórios da zona B e as menores (8,91%), para imóveis de um quarto na zona C.

*zona B: bairros como Aclimação, Brooklin, Paraíso, Vila Madalena e Vila Mariana; zona C: bairros como Aeroporto, Alto da Lapa, Jabaquara, Cidade Universitária, Parque São Domingos e Butantã; zona D: bairros como Americanópolis, Barra Funda, Brás, Jardim Miriam, Liberdade e Vila Prudente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host