UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/09/2009 - 19h33

Novos consumidores no mercado de crédito serão 6,5 milhões neste ano

SÃO PAULO - O número de novos consumidores no mercado de crédito deve atingir 6,5 milhões de pessoas neste ano, ante os 8,4 milhões registrados no ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (18) pela ACSP (Associação Comercial de São Paulo), durante a Expo Money.

"A projeção que fizemos foi baseada no que vimos até agosto, diante do aumento da concessão de crédito", afirmou o gerente de Negócios da ACSP, Paulo Capoletti. O conceito de novos consumidores usado pela associação é daquela pessoa que não é consultada no cadastro de inadimplentes há dois anos.

O ápice da entrada de novos consumidores no mercado de crédito foi em 2004, quando 12 milhões de pessoas buscaram a forma de compra a prazo. Neste ano, eles devem representar 6% no mercado de crédito, o que mostra o potencial de crescimento do mercado.

Perfil

Quanto ao perfil destes consumidores, os dados mostram que são pessoas de baixa renda, até cinco salários mínimos, o que mostra uma preocupação em relação à inadimplência, segundo explicou Capoletti, que não quis fazer nenhuma projeção em relação ao não pagamento das dívidas.

"Há quatro meses, diria que o cenário de inadimplência era negativo. Hoje, diria que é bem positivo", explicou, colocando os dados de que, em agosto, o número de novos CPFs incluídos no cadastro de inadimplentes da associação comercial foi menor do que o de cancelados.

Em relação à idade, Capoletti disse que os novos consumidores têm, em sua maioria, entre 32 e 40 anos, com 22% de representatividade, mas que o grande crescimento potencial de crescimento é das pessoas com mais de 60 anos, com representatividade de 12% entre os novos consumidores atuais, devido à expansão do crédito consignado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host