UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/09/2009 - 11h21

Pnad 2008: mais da metade dos ocupados contribuíam para a Previdência Social

SÃO PAULO - Em 2008, chegou a 52,1% a parcela de trabalhadores sob as garantias da Previdência Social (48,1 milhões). Em relação a 2007, esse número cresceu 5,9%, impulsionado pela elevação do emprego com carteira assinada.

Os dados fazem parte da Pnad 2008 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta sexta-feira (18) pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Análise regional

Em todas as cinco regiões foi registrado crescimento da proporção de pessoas ocupadas contribuindo com a previdência social. A região Sudeste foi a que apresentou o maior percentual, 62,9%, e o Nordeste, o menor, 33,9%.

Por estado, São Paulo e o Distrito Federal registram o maior percentual de contribuintes. Seguidos por Santa Catarina e Rio de Janeiro, conforme tabela a seguir:

Estado Contribuintes (%)
São Paulo 67,3
Distrito Federal 67,3
Santa Catarina 66,6
Rio de Janeiro 62,6
Rio Grande do Sul 57,3
Paraná 57,1
Minas Gerais 56
Amapá 54,7
Espírito Santo 51,9
Mato Grosso do Sul 51,1
Goiás 49,2
Mato Grosso 48,6
Roraima 47,4
Amazonas 47,2
Rondônia 45
Sergipe 42,4
Acre 41,8
Rio Grande do Norte 39,4
Paraíba 38,2
Tocantins 38
Alagoas 37,7
Pernambuco 37,6
Pará 33,9
Bahia 33,4
Ceará 31,3
Maranhão 29,9
Piauí 24,6
Fonte: Pnad - IBGE


Sindicalizados

Segundo o levantamento, o número de trabalhadores sindicalizados, em 2008, era de 16,8 milhões de associados. A região Sul era a que detinha o maior percentual, 21,7%.

No que diz respeito a variação entre 2007 e 2008, os aumentos mais relevantes foram nas regiões Norte, alta de 14,8%, Centro-Oeste (8,7%) e Sudeste (7,2%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host