UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/09/2009 - 12h16

Dutra pode ter mais praças de pedágio e taxa pode ser menor

SÃO PAULO - A pedido do TCU (Tribunal de Contas da União), o contrato de concessão da rodovia Presidente Dutra está sendo revisado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Uma das consequências dessa análise é a possível queda no valor das tarifas de pedágio cobradas pela NovaDutra, concessionária da rodovia.

O Tribunal realizou estudo em que constatou que os valores cobrados pelos novos contratos de concessão estão abaixo daqueles cobrados na Dutra. Diante da diferença, o TCU sugeriu a revisão. A Agência acatou a sugestão.

Sem prazos

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Ministério dos Transportes afirmou que tanto a queda da taxa como o aumento do número de praças na rodovia são possíveis consequências da revisão de qualquer contrato de concessão rodoviária.

O órgão ainda afirmou que a revisão está em andamento, sem prazo para término.

Pedágios

Hoje a rodovia Presidente Dutra conta com 10 praças de pedágio ao longo da via - cinco no sentido São Paulo-Rio e outras cinco no sentido contrário. No km 204, sentido São Paulo e Rio, no pedágio Parateí Norte, carros de passeio pagam R$ 4,30 e motos R$ 2,15.

No mesmo sentido, no km 165, no pedágio Jacareí, carros pagam R$ 3,90 e motos R$ 1,90. No km 88, indo de São Paulo para o Rio, os motoristas de carro desembolsam R$ 8,80 e motos R$ 4,40, no pedágio Moreira César.

No pedágio Itatiaia, no km 318, a taxa para carros é de R$ 8,80 e para motos R$ 4,40. No km 207, no pedágio Viúva Graça, o valor para carros também é de R$ 8,80 e para motos R$ 4,40.

Cabe ressaltar que os valores foram reajustados e estão valendo desde o último dia 1º de agosto. Entre as praças da rodovia, a Jacareí registrou o maior reajuste, de 5,41%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host