UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/09/2009 - 10h23

Proximidade do fim do IPI reduzido deve fazer com que preços continuem em queda

SÃO PAULO - A proximidade do fim do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido deve fazer com que os preços dos produtos beneficiados continuem em queda. A afirmação é da economista da Fecomercio (Federação do Comercio), Júlia Ximenes.

Porém, ela lembra que no caso de veículos, os preços deverão ter elevação nos próximos meses, já que a alíquota do imposto sofrerá aumentos graduais a partir de outubro.

Queda em agosto

Segundo o IPV (Índice de Preços no Varejo), divulgado pela Federação na última terça-feira (22), os preços de veículos registraram uma queda de 1,46% em agosto, sendo um dos principais itens que influenciou no comportamento do índice em geral, que também registrou queda, de 0,17%.

Júlia explica que, com a proximidade do fim do IPI reduzido, os lojistas tentam incentivar ainda mais as vendas realizando promoções e descontos. Considerando apenas os veículos novos, os preços registraram uma redução de 1,03% em agosto.

Por outro lado, abastecer o carro ficou mais caro no oitavo mês do ano. Isso porque, os preços de combustíveis e lubrificantes registraram alta de 0,43% nos preços, segundo apurou a entidade. Considerando apenas o primeiro item, o aumento foi de 0,46%, enquanto no segundo houve recuo de 0,44%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host