UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/09/2009 - 16h00

Analistas da Brascan recomendam "acima da média" para ações da ABnote

SÃO PAULO - Visando incorporar novas estimativas macroeconômicas, além dos últimos resultados divulgados pela ABnote (ABNB3), os analistas da Brascan recomendam "acima da média" para as ações da companhia.

O preço-alvo estabelecido para 2010 é de R$ 25,32 por ação. A expectativa é de que a ABnote tenha performance positiva nos segmentos de cartões e sistema de identificação, os quais equivalem a 62% da receita da companhia.

Para os próximos anos, as vendas de smart cards devem impulsionar o volume de produção de cartões da ABnote. Assim, no setor financeiro, deve continuar havendo uma migração dos cartões magnéticos para os inteligentes. No segmento de telefonia móvel, a Brascan também destaca o início das vendas de SIM (Subscriber Identity Module) cards para a Oi.

Aspectos negativos

Por outro lado, os serviços gráficos devem ter desempenho abaixo dos níveis históricos, devido "a problemas operacionais apresentados no último resultado". Igualmente, a margem Ebitda deve permanecer com baixo desempenho.

Entre os fatores de risco, a Brascan inclui a redução dos cartões do segmento de telecomunicações. Segundo a corretora, "a difusão da telefonia móvel pré-paga poderá tornar o serviço de telefonia pública cada vez menos atrativo para a população".

Margem

Na comparação com o ano anterior, a ABnote viu sua margem Ebitda recuar, sendo que os principais responsáveis por esse resultado foram a queda acentuada dos cartões de telecomunicações e a maior participação dos smart cards.

A expectativa é de "na medida em que a companhia elevar a produção dos cartões inteligentes, a maior diluição de custos fixos poderá contribuir para a melhora da rentabilidade destes", avaliam os analistas. As projeções indicam que a margem Ebitda da ABnote, no segmento de cartões, deve chegar a 26,4% em 2013.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host