UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/09/2009 - 15h28

CEF empresta R$ 172 milhões em crédito durante Salão Imobiliário

SÃO PAULO - A Caixa Econômica Federal emprestou R$ 172 milhões em crédito para a compra da casa própria, durante a participação no Salão Imobiliário de São Paulo, que durou quatro dias.

Do total de cartas de crédito emitidas, R$ 100,2 milhões foram com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e o restante, com recursos da Caixa (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos/Poupança), no total de R$ 72 milhões.

De acordo com os dados, divulgados pelo banco nesta segunda-feira (28), a média da carta de crédito ficou em R$ 127 mil.

O Salão

O Salão Imobiliário aconteceu de quinta-feira (24) até domingo (27), no Anhembi. Das cinco instituições financeiras presentes no evento, quatro trabalharam com as taxas de juros reduzidas para as simulações realizadas no salão.

O HSBC, por exemplo, baixou em 1% os juros do crédito imobiliário para os visitantes de seu estande. No caso do Banco do Brasil e da Nossa Caixa, a redução da taxa de juros foi de até 1,6 ponto percentual.

Já o Bradesco reduziu de 10,90% para 10,50% ao ano as taxas de juros no financiamento de imóveis avaliados entre R$ 120 mil e R$ 500 mil e de 11,90% para 11,50% anuais para as propriedades avaliadas acima de R$ 500 mil. Além disso, para as moradias inferiores a R$ 120 mil, o banco ofereceu juros de 7,80% ao ano.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host