UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/09/2009 - 16h21

Último fim de semana antes do aumento do IPI teve forte alta nas vendas

SÃO PAULO - O fim de semana passado foi marcado por uma corrida dos consumidores às concessionárias de carros, em busca de ofertas e preços mais baixos nos últimos dias antes do aumento das alíquotas de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), a partir da próxima quinta-feira (1).

A maior procura foi sentida pelas montadoras. A Ford, por exemplo, chegou a notar um aumento de 80% nas vendas, na comparação com um fim de semana normal. Já a GM não informa números, mas afirma que suas lojas estiveram lotadas no sábado (26) e domingo (27).

Além disso, a montadora informou que as pessoas que foram em busca do carro novo procuraram também optar pelos modelos com pronta-entrega, para garantir o desconto.

Retorno do IPI

Atualmente, os carros com até 1.000 cilindradas estão isentos da cobrança de IPI, porém, na próxima quinta-feira (1), a alíquota para esses modelos subirá para 1,5%, sendo que, em novembro, ela irá para 3%, em dezembro, para 5%, voltando ao patamar de 7% em janeiro de 2010.

Já para os veículos bicombustíveis, com motor entre 1.000 e 2.000 cilindradas, a alíquota passará de 5,5% para 6,5% entre o nono e o décimo mês do ano, subindo para 7,5% em novembro, 9% em dezembro, retornando a 11% no próximo ano.

Por último, os carros movidos a gasolina, com a mesma potência, verão a incidência do imposto subir de 6,5% para 8% entre setembro e outubro. No mês seguinte ela passará para 9,5%, chegando a 11% em dezembro e 13% em janeiro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host