UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/10/2009 - 12h30

Caderneta de poupança tem entrada líquida de R$ 3,510 bilhões em setembro

SÃO PAULO - O volume de depósitos superou os saques e a captação líquida da caderneta de poupança ficou positiva em R$ 3,510 bilhões em setembro, resultado da aplicação de R$ 84,861 bilhões contra o resgate de R$ 81,351 bilhões. Os dados foram divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira (6).

É o segundo melhor resultado mensal de 2009, perdendo apenas para os R$ 6,672 bilhões de julho, que fora o mais expressivo desde dezembro de 2008 (R$ 5,387 bilhões). O saldo de julho foi resultado da retirada de R$ 83,262 bilhões contra a alocação de R$ 89,935 bilhões. Desde maio, a captação da poupança é positiva.

PL passa de R$ 294 bilhões

Em setembro, houve rendimento de R$ 1,465 bilhão dos recursos já aplicados. O patrimônio líquido do investimento passou para R$ 299,927 bilhões.

Vale destacar que, no dia 13 de maio, o Governo apresentou proposta de diminuir a migração dos investidores dos fundos de investimentos para a poupança, que vinha sendo percebida com as frequentes reduções da Selic, que tornaram as aplicações na caderneta mais atrativas.

A fim de viabilizar novas reduções na taxa básica de juro e manter a rentabilidade da poupança para pequenos investidores, o governo propôs tributar os rendimentos da caderneta, hoje isentos, para aplicações acima de R$ 50 mil - o que eles definiram como grandes investidores.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host