UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/10/2009 - 09h46

Dia das Crianças: 80% dos pais devem gastar até R$ 150 com presentes

SÃO PAULO - Brinquedos e roupas de pequeno valor. Esses devem ser os presentes que os pequenos receberão na próxima segunda-feira (12), quando é comemorado o Dia das Crianças. De acordo com pesquisa realizada pela Dotz, 80% dos consumidores não gastarão mais que R$ 150 no presente dos filhos.

Dentre esses, o levantamento aponta que 34% comprarão presentes de até R$ 50. Outros 30% devem gastar entre R$ 51 e R$ 100 e 16% entre R$ 100 e R$ 150. A pesquisa, feita com 6.500 pessoas, indica que apenas 20% devem gastar mais que R$ 150 para agradar os filhos.

Tudo parcelado

De acordo com a pesquisa, 22% dos entrevistados devem parcelar as compras no cartão de crédito. O meio de pagamento, aliás, será a opção de 46% dos consumidores ouvidos pela Dotz. O débito será a forma escolhida por 10% deles.

Ainda com relação às formas de pagamento, a pesquisa constatou que 17% devem pagar em dinheiro, outros 5% utilizarão boleto bancário e nenhuma das 6.500 pessoas ouvidas utilizará cheque. Um dos motivos deve ser o baixo valor das compras, já que a folha geralmente é utilizada para compras de maior valor.

Brinquedos ainda são preferência

Embora a participação de produtos eletrônicos tenha ganhado espaço entre os pequenos consumidores nos últimos anos, os brinquedos ainda são os escolhidos, ao menos pelos pais. Segundo a pesquisa, 54% comprarão brinquedos e apenas 18% devem optar por eletrônicos neste ano.

Outros presentes que estão na lista são roupas, opção de 21% dos consumidores ouvidos, e passeios e viagens, escolhidos por 5% e 2% dos entrevistados, respectivamente.

Condições

Para ganhar presentes neste ano, os pais estão rigorosos e 37% deles impõem algum tipo de condição aos filhos, sendo que 22% pedem bom comportamento e 15% condicionam o presente ao bom rendimento escolar. Outros 63% não impõem qualquer tipo de condição e sempre presenteiam os pequenos na data.

Ainda de acordo com o levantamento, 48% dos entrevistados devem presentear apenas uma criança; 32% duas; 11% três; e 9% darão presentes a quatro crianças ou mais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host