UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/10/2009 - 08h39

Índice de preços ao consumidor sobe em todas as sete capitais analisadas

SÃO PAULO - O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) registrou alta em todas as sete capitais analisadas pela FGV (Fundação Getulio Vargas) na passagem da última semana de setembro para a primeira de outubro.

Os maiores aumentos foram verificados em Recife, cujo índice passou de -0,24% para -0,09%, Porto Alegre, de 0,17% para 0,29%, e Belo Horizonte, que passou de 0,42% para 0,53%. Já em São Paulo, o aumento foi menos intenso, com a taxa passando de 0,31% para 0,34% no período.

Na tabela abaixo é possível conferir os índices de cada capital, nas semanas encerradas em 30 de setembro e 07 de outubro:

Cidade Variação em 30/09 (%) Variação em 07/10 (%)
Belo Horizonte 0,42 0,53
Brasília 0,32 0,39
Porto Alegre 0,17 0,29
Recife -0,24 -0,09
Rio de Janeiro 0,09 0,17
Salvador -0,07 -0,03
São Paulo 0,31 0,34


Vestuário

Considerando as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, o grupo que mais influenciou na alta das duas capitais foi Vestuário. No primeiro local, o índice dessa classe passou de 0,47% para 1,02%, enquanto no segundo, aumentou de 0,52% para 0,96%.

Na capital fluminense, apenas um grupo registrou decréscimo no período: Alimentação, que passou de -0,39% para -0,42%, enquanto Habitação (0,34% para 0,44%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,30% para 0,34%), Educação, Leitura e Recreação (-0,02% para 0,19%), Transportes (0,01% para 0,07%) e Despesas Diversas (0,59% para 0,64%) registraram aumentos em suas taxas.

Já na capital paulista, além de Vestuário, apenas Habitação (0,55% para 0,80%) e Transportes (0,48% para 0,64%) apresentaram altas, enquanto Alimentação (0,05% para -0,15%), Saúde e Cuidados Pessoais (0% para -0,07%), Educação, Leitura e Recreação (0,08% para 0,02%) e Despesas Diversas (0,74% para 0,37%) registraram quedas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host