UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/10/2009 - 10h54

Preço médio de celular no Brasil cresce 11% em apenas três meses

SÃO PAULO - O preço médio de um aparelho celular no Brasil cresceu 11% em apenas três meses, passando de US$ 162 em abril para US$ 180, em julho, segundo consta de pesquisa realizada pela GfK e divulgada na última quinta-feira (8).

A alta, de acordo com o estudo, pode ser um dos motivos para a queda no faturamento das vendas entre janeiro e julho deste ano e o mesmo período do ano passado, visto que as vendas de celulares, com exceção do smartphone, passaram de 90% para 83% de participação no mercado.

No geral, o mercado brasileiro de telecomunicações apresentou variação de -4% em faturamento no período analisado, sendo que a variação nas vendas de telefones celulares foi de -10%.

Smartphones

No que diz respeito aos smartphones, contudo, nos primeiros sete meses de 2009, frente a igual período de 2008, houve crescimento de 260% nas vendas e evolução de 2% para 7% no faturamento.

De janeiro a julho deste ano, dos produtos de telecom vendidos no Brasil, 51% do total eram celulares comuns, 12% telefones fixos e 1,4% smartphones. Nos sete primeiros meses do ano passado, estes percentuais eram de 54%, 14% e praticamente 0%, respectivamente.

Em um futuro próximo, segundo avaliação da GfK, é possível apontar um crescimento contínuo do segmento de smartphones no Brasil, assim como aumento nas vendas de aparelhos com GPS hardware e TV tuner, que devem ser impulsionadas pela Copa do Mundo de Futebol em 2010.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host