UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/10/2009 - 08h00

Previdência para menores: bancos lançam ações para atrair investidores

SÃO PAULO - O Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, está chegando. Logo, você pensa em dar para o seu filho um brinquedo, uma roupa nova ou um livro. Porém, existe uma alternativa de presente: um plano de previdência privada. Cada vez mais os bancos lançam ações relacionadas ao tipo de investimento para atrair os pais.

O Santander, por exemplo, anunciou o plano Prev Educar, que faz parte do processo de integração com o Banco Real, que já oferecia o produto. Ele funciona da seguinte maneira: o contratante investe R$ 50 por mês e acumula os recursos, que são rentabilizados mensalmente. O próprio cliente escolhe a data em que o beneficiário passará a receber a renda mensal pelo período de cinco anos ou em que resgatará o valor total.

"Trata-se de plano de previdência especialmente desenvolvido para apoiar os pais no planejamento do futuro da família, por meio de uma reserva financeira que contribuirá para pagar a faculdade, a pós-graduação ou as primeira iniciativas profissionais", disse o superintendente executivo de Previdência e Capitalização do Grupo Santander Brasil, Edson Franco.

"Durante o período de acumulação, recomendamos que o contratante faça aportes esporádicos ou atualize o valor da contribuição mensal, o que pode aumentar o valor da reserva financeira final quando for resgatada", completou.

Brindes para atrair investidores

Para atrair investidores, o Bradesco Vida e Previdência lança a Campanha Prev Jovem 2009, que teve início em 5 de outubro. Além da tradicional promoção de entrega de bonecos da Turma Prev Jovem Bradesco, a empresa está oferecendo um jogo de memória com realidade aumentada e acesso gratuito ao site de assistência educacional (ensinodiaenoite.com.br).

Terão direito aos brindes os clientes que aderirem ao Prev Jovem em outubro com contribuições mensais a partir de R$ 100 e aqueles que efetuarem aporte mínimo de R$ 1 mil, tanto para planos em andamento quanto para os novos.

O Prev Jovem está disponível nas modalidades PGBL, que possibilita a dedução das contribuições no Imposto de Renda de Pessoa Física, conforme legislação em vigor, e VGBL, para quem se utiliza do modelo simplificado de declaração ou é isento. O VGBL também é recomendado para aquelas pessoas que já destinam 12% de sua renda bruta a um PGBL.

Os pais têm se interessado cada vez mais pelos planos de previdência para menores, tanto que a contratação cresceu 18% em julho deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, superando os R$ 250 milhões, segundo dados da Fenaprevi (Federação Nacional da Previdência Privada e Vida).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host