UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/10/2009 - 10h47

Mais de 43% dos turistas que vêm para eventos no País ganham acima de US$ 4 mil

SÃO PAULO - Entre setembro de 2007 e dezembro do ano passado, 254 eventos internacionais foram realizados no Brasil e grande parte dos turistas que desembarcaram no País para aproveitar tantas atividades tem alto nível de renda. Para se ter uma ideia, 43,63% do total dos turistas que vieram ao País recebem acima de US$ 4 mil mensais.

Desses, 29,12% recebem mais de US$ 6 mil e 14,51% entre US$ 4 mil e US$ 6 mil. Os dados são de levantamento do Ministério do Turismo, feito pela Embratur.

Segundo o levantamento, apenas 10,74% encontravam-se na menor faixa de renda, entre US$ 1 mil e US$ 2 mil. Outros 13,79% afirmaram ganhar entre US$ 2 mil e US$ 3 mil; 12,60% dos turistas que desembarcaram no País ganhavam entre US$ 3 mil e US$ 4 mil.

Perfil cinco estrelas

"Além de ter um alto nível de renda, esse turista é um formador de opinião e apresenta gasto médio diário bastante elevado", afirma a presidente da Embratur, Jeanine Pires. Para se ter uma ideia, o gasto médio do turista que vem para eventos no País chega a US$ 285 por dia.

O número é bem maior que o registrado entre os turistas que pisaram no País a negócios, e que gastaram, em média, US$ 112,90 por dia, e entre aqueles que vieram ao Brasil a lazer (US$ 73,40 diários).

Ainda de acordo com o levantamento, os turistas de eventos permanecem em média sete noites no País e 96,83% deles têm mestrado, doutorado ou especialização.

Do total dos turistas, 10,84% reside nos Estados Unidos e 8,12% na Argentina. O estudo também aponta que 66,1% visitaram o País pela primeira vez e o meio de hospedagem mais utilizado foi o hotel (96,31%).

De acordo projeção feita pela FGV (Fundação Getulio Vargas), os 254 eventos internacionais realizados no Brasil no ano passado geraram um impacto de US$ 122,6 milhões. Somente os 36 eventos avaliados pelo estudo da Embratur movimentaram US$ 34,9 milhões.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host