UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/10/2009 - 14h09

Preço do pão não irá subir, garante ministro

SÃO PAULO - O brasileiro não irá pagar mais caro pelo pãozinho, garantiu, na última quarta-feira (21), o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, durante audiência pública na Câmara dos Deputados.

De acordo com o ministro, o valor atual do pão foi fixado quando o preço mínimo da tonelada de trigo estava em R$ 750. Hoje, o valor é de R$ 530 e o preço não caiu. Além disso, lembra ele, o custo do trigo no pão equivale a menos de 10%.

"Temos que tomar cuidado quando se trata desses números e de que haverá imediatamente uma influência no preço do pão (...) O governo vai tentar controlar no sentido que haja abastecimento de trigo e preço adequado no mercado", disse, conforme publicado pela Agência Brasil.

Imperfeições e clima

Ainda segundo Stephanes, é preciso que a indústria informe ao governo as quantidades de trigo em estoque para que seja estabelecida uma política sobre o assunto.

No mais, disse ele, o que pode afetar preços é o fato do trigo ter tido a colheita prejudicada por conta do excesso de chuva, fazendo com que a qualidade e a quantidade do produto sofressem quedas significativas. Do mesmo modo, as imperfeições ao longo da cadeia de produção até a comercialização também trazem impactos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host