UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/10/2009 - 18h07

Ciência e Tecnologia acredita na prorrogação de incentivo para PCs

SÃO PAULO - O Ministério de Ciência e Tecnologia acredita que o governo deve prorrogar por mais quatro anos os incentivos para microcomputadores.

A informação é da assessoria de imprensa do órgão, que prevê que o percentual descontado do faturamento anual das empresas deve subir de 2% para 3%.

No início do mês, o secretário de Política de Informática do Ministério, Augusto Cesar Gadelha, já havia dito que não via dificuldades dentro do governo para a prorrogação do benefício, determinado pela Lei do Bem, visto que os resultados até então foram positivos.

Lei do Bem

Prevista para terminar este ano, a Lei do Bem tem como beneficiário o segmento de tecnologia e permite a redução da PIS/Cofins para microcomputadores de até R$ 4 mil e a dedução do Imposto de Renda para os gastos com Pesquisa e Desenvolvimento.

Com a adoção da medida, em 2008, o setor cresceu 10% e vem apresentando números positivos desde a edição da Lei.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host