UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/10/2009 - 09h23

Custo mais baixo faz fluxo migratório ser maior entre cidades próximas

SÃO PAULO - O custo alto para ir a outra região faz com que os fluxos migratórios internos no Brasil aconteçam mais entre as cidades próximas, de acordo com o coordenador do Núcleo de Informações Sociais do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Herton Araújo.

"O custo de migrar para outra região é maior e, com isso, o fluxo acaba sendo menor", afirmou, segundo a Agência Brasil.

Primeiro, os brasileiros escolhem as cidades mais próximas e, depois, mudam para os estados dentro de uma mesma região. A última opção é mudar para outra região, normalmente de uma mais pobre para outra mais rica.

Sintonia

De acordo com Araújo, o desenvolvimento de um estado atrai um fluxo migratório, como é o caso de Goiás, que está recebendo moradores da região do Entorno do Distrito Federal, onde o custo de vida é menor do que o de Brasília.

"Você tem de ver a migração como um sintoma. Onde há migração é sinal de que está acontecendo alguma coisa, ou de ruim no lugar em que as pessoas estão ou de bom no lugar para onde elas estão indo", afirmou.

As constatações partem de relatório realizado pelo Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host