UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/10/2009 - 09h26

Consumidor recorre à cartão na crise e inadimplência aumenta

SÃO PAULO - A restrição em outras modalidades de crédito fez com que os brasileiros recorressem aos cartões em meio à crise, embora as taxas de juros sejam altas. A consequência disso é que a inadimplência no segmento aumentou.

De acordo com dados do Banco Central, os juros do cartão de crédito atingem 238% ao ano. Assim, segundo a Serasa Experian, as dívidas com cartões de crédito e financeiras representaram 36,5% do total de janeiro a agosto deste ano.

Para o diretor de Novos Negócios e Desenvolvimento da SysOpen, empresa de soluções tecnológicas e recuperação de crédito, Wellington Gomes, os altos juros das operações de cartão suportam um índice de inadimplência alto como este, mas há um grande valor que precisa ser recuperado.

Bancos correm atrás

"As instituições financeiras têm conhecimento deste número e já estão a pleno vapor na busca pela recuperação de valores devidos. Talvez, este seja o segmento mais habituado com a recuperação de crédito, devido principalmente às características do próprio produto, que permite um índice mais elevado de inadimplência", explicou Gomes.

O executivo acrescentou que os bancos que conseguem integrar a administração dos cartões e os diversos produtos bancários possuem um grande diferencial na recuperação de crédito.

Gomes disse acreditar que as operadoras de cartão de crédito podem ser consideradas as empresas com processos de cobrança e políticas de negociação mais bem definidos e que, quase sempre, o segmento é pioneiro na criação de novos procedimentos e sub-produtos de recuperação de crédito.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host