UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 11h27

Cheque especial: juro mensal sobe e chega a 7,38% ao mês

Infomoney

SÃO PAULO - A taxa de juros do cheque especial chegou a 7,38% ao mês em outubro, a maior identificada desde julho deste ano, quando foi registrado 7,44% ao mês, ou 136,59% ao ano.

De acordo com dados divulgados pela Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), houve alta de 0,04 ponto percentual na taxa de juros do cheque especial entre o nono e o décimo mês do ano, já que em setembro era de 7,34% ao mês.

No caso dos juros do comércio, a taxa passou de 5,94% ao mês para 5,95% ao mês entre setembro e outubro. A taxa é a maior desde agosto deste ano, quando registrou 5,99% ao mês. O cartão de crédito permaneceu com os juros em 10,68%, a maior taxa desde julho de 2000, quando era de 10,7% ao mês.

No crédito direto ao consumidor com bancos, a taxa de juros média passou de 2,60% para 2,61% ao mês entre o nono e o décimo mês de 2009, a maior desde agosto deste ano (2,65% ao mês), como no caso dos juros do comércio.

Em empréstimos pessoais em bancos, a taxa passou de 5,02% para 5,06% mensais e nas financeiras, o mesmo tipo de empréstimo atingiu 10,51% ao mês, frente aos 10,48% registrados em setembro.

No geral, a taxa de juros média para pessoa física passou de 7,01% ao mês em setembro para 7,03% ao mês em outubro.

Para a Anefac, as elevações podem ser atribuídas ao aumento do custo de captação dos bancos com a elevação dos juros futuro por conta da expectativa de que o Banco Central possa elevar a Seliv em 2010.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host