UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 18h27

Dependendo do setor, taxa de juros do crediário chega a 8,77% ao mês

Infomoney

SÃO PAULO - As taxas de juros no crediário variaram de 2,61% ao mês a 8,77% ao mês em outubro deste ano, dependendo do setor. A principal explicação para esta variação entre as taxas é a competição em cada setor.

Segundo levantamento divulgado pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças), no mês passado o brasileiro pagou menos juros na aquisição de veículos (2,61% ao mês) e mais em artigos de ginástica (8,77% ao mês).

As instituições financeiras determinam os juros baseadas em cinco fatores: custo de captação, depósitos compulsórios, despesas administrativas, margem líquida do banco (lucro) e o risco (inadimplência), que é o único item que pode ter alguma variação por setor.

Além da inadimplência, o prazo e competição também ditam a diferença das taxas de juros. A demanda é outra determinante, uma vez que a taxa de juros é reduzida quando a procura pelo produto é baixa.

A taxa média praticada no crediário em outubro foi de 5,95% a.m., superior à taxa de 5,94% a.m. praticada em setembro. De 12 setores, nove apresentaram alta em suas taxas de juros no mês passado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host