UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 16h51

Salário mínimo pode atingir o valor de R$ 510 em 2010

SÃO PAULO - O salário mínimo do brasileiro pode chegar a R$ 510 no próximo ano, segundo informação que circulava na CMO (Comissão Mista de Orçamento) na quinta-feira (12), durante a aprovação do relatório preliminar do projeto de Lei Orçamentária para 2010.

Conforme publicado pela Agência Senado, um montante de R$ 13,3 bilhões deve cobrir as chamadas emendas de relator e as despesas indicadas como prioritárias no próprio relatório preliminar, como a revisão do valor do salário mínimo e a complementação para os aposentados com benefício acima do mínimo.

O relator-geral do Orçamento, deputado federal Geraldo Magela (PT-DF), entretanto, só confirma a reserva de R$ 3,9 bilhões para a chamada Lei Kandir e a separação de R$ 1 bilhão para reforço de despesas na agricultura.

"Não vou anunciar valor para o salário mínimo, porque isso depende de acerto com o governo", disse Magela, após a reunião.

Mínimo

De acordo com o previsto na Lei Orçamentária Anual, a partir de 1º de janeiro de 2010, o salário mínimo sairá dos atuais R$ 465 para R$ 505,90.

Até o último reajuste, ocorrido em fevereiro deste ano, o salário mínimo evoluiu cerca de 72%, desde o início do governo Lula, beneficiando 25 milhões de trabalhadores formais e informais e 17,8 milhões de aposentados e pensionistas do INSS, que recebem o piso previdenciário.

Apesar disso, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário mínimo brasileiro não é suficiente para suprir as necessidades do trabalhador, visto que, no último mês de setembro, ele deveria ser de R$ 2.065,47, valor 4,44 vezes superior ao piso atual.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host