UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 12h02

Maioria dos brasileiros nunca teve acesso à ajuda financeira profissional

SÃO PAULO - A maioria dos brasileiros nunca teve acesso ou usou a ajuda de um profissional financeiro, revelou uma pesquisa realizada pelo HSBC Seguros.

De acordo com os dados, 63% dos entrevistados disseram que nunca contaram com os conselhos de um profissional. Dentre aqueles que contaram, 19% responderam ser por meio de um banco ou companhia de seguros, outros 13% por meio de um contador, e 6%, por meio do empregador, mesma proporção dos que tiveram conselhos de profissionais independentes.

O estudo foi realizado com 15 mil pessoas em todo o mundo. No Brasil, foram realizadas 1.017 entrevistas com pessoas entre 30 e 70 anos, sendo 511 mulheres.

Conselheiros

Questionados sobre a quem recorreriam para ter conselhos financeiros, diante da situação econômica atual e da necessidade de planejar as finanças futuras, 24% dos entrevistados responderam a um consultor, de acordo com a tabela abaixo:

Pensando nas suas finanças futuras, diante do clima econômico atual, a quem recorreria para ter conselhos financeiros: Respostas
Consultor financeiro 24%
Família 17%
Banco 13%
Ferramentas on-line de planejamento financeiro 8%
Orientador de dívidas 6%
Mídia, contador e amigos 4% cada


Ainda constam na lista: agente de seguros/broker (3%), procurador/advogado (3%), uniões de crédito (3%), mídia especializada em finanças (2%), religião/fé (2%), empregador (1%), empresa de seguros (1%) e governo (1%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host