UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 10h09

Diminuir tarifa do transporte é prioridade para quase 28% dos paulistanos

SÃO PAULO - A diminuição do valor das tarifas do transporte público da capital paulista é a prioridade de 27,63% dos paulistanos no que se refere à melhoria de sua qualidade de vida na categoria mobilidade. O item ficou em oitavo lugar entre os aspectos mais importantes citados na primeira fase da pesquisa Irbem (Indicadores de Referência do Bem-Estar do Município), iniciativa do movimento Nossa São Paulo.

As mais de 63 mil pessoas que responderam ao questionário, entre elas, 12 mil adultos, apontaram as suas prioridades para melhorar a qualidade de vida na cidade e podiam citar mais de uma resposta.

Ampliação da rede de metrô é o item mais destacado pelos paulistanos, com menções de 50,13% dos entrevistados, seguido por soluções para diminuir o trânsito da cidade, com 42,85% das citações.

Melhorias mais importantes

Em terceiro lugar, ficou a diminuição do tempo de espera nos pontos de ônibus (41,93%), em quarto, a diminuição do tempo de deslocamento na cidade (38,22%) e, em quinto, a segurança no trânsito (37,42%). Completam o ranking dar prioridade ao transporte coletivo no sistema viário (33,81%) e a boa qualidade das calçadas (31,59%).

A questão aberta mais citada foi reintroduzir os fretados no transporte da cidade.

Entre as crianças, os itens mais importantes foram, na ordem, "segurança no trânsito", "mais metrô, ônibus e trem" e "pontualidade dos ônibus".

Em novembro, uma pesquisa do Ibope será aplicada em uma amostra da população da capital paulista com o intuito de checar qual a satisfação e a valorização dos moradores referentes a cada item da pesquisa de bem-estar. O conjunto de indicadores Iirbem será lançado no dia 19 de janeiro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host