UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

21/12/2009 - 09h06

Coin divulga suas cinco recomendações para a semana do natal

SÃO PAULO - A Coinvalores divulgou sua carteira recomendada para a curta semana que antecede o Natal - entre os dias 21 e 23 de dezembro.

O portfólio é composto por cinco papéis que deverão ter um desempenho positivo no período: Hypermarcas, Randon, PDG Realty, CCR e Copasa.

Após uma semana movimentada principalmente na esfera da política monetária, com a divulgação da ata do Copom (Comitê de Política Monetária) e a decisão do Federal Reserve de manter o juro básico norte-americano em seu menor patamar histórico - entre 0% e 0,25% ao ano -, esta semana natalina promete uma agenda econômica mais calma.

Dentre os eventos que podem agitar os mercados, os analistas da Coin despontam a divulgação da dívida pública federal do Tesouro Brasilero e a apresentação do PIB (Produto Interno Bruto) norte-americano anualizado do terceiro trimestre.

Confira as recomendações:

Ação Código Preço-alvo Upside*
Hypermarcas HYPE3 Em revisão -
Randon RAPT4 Em revisão -
PDG Realty PDGR3 Em revisão -
CCR CCRO3 Em revisão -
Copasa CSMG3 R$ 37,00 +8,19%
*Com base na cotação de sexta-feira (18)

Hypermarcas

Estratégia de crescimento e melhora gradativa de seus indicadores de bens de consumo são os principais drivers apontados pela corretora para os papéis da companhia. Além disso, a Coin destaca que a Hypermarcas realizará a recompra de até 6,7 milhões, sem redução do capital social e com prazo máximo de até 365 dias.

Randon

O horizonte positivo para a economia brasileira, com a recuperação do crédito e de alguns clientes de seus produtos,  deverá favorecer a companhia. "Unindo a melhoria da atividade econômica do País ao bom posicionamento da empresa, as perspectivas para sua performance operacional no quarto trimestre são positivas", projetam os analistas.

PDG Realty

Seus próximos resultados deverão ser impulsionados principalmente pelo segmento de baixa renda, onde atua sua subsidiária Goldfarb. "Haja vista que a melhora do setor de construção civil deveu-se à redução na taxa de juro e na taxa de desemprego, à maior disponibilidade de crédito e aos incentivos governamentais", destaca a Coin. Por fim, a Standard & Poor's elevou a perspectiva dos ratings da empresa de "estável" para "positiva".

CCR

Dados recentes mostram que o fluxo pedagiado das rodovias nacionais vem melhorando gradualmente, com destaque para o segmento de veículos pesados, que demorou mais tempo para se recuperar da crise. Tal evento é positivo para o segmento de concessões rodoviárias. Contudo, a preferência para os papéis da CCR é reflexo dos bons resultados apresentados e "por considerarmos que ela está em melhores condições para aproveitar as oportunidades que venham a aparecer".

Copasa

A recomendação para os ativos da companhia giram em torno da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado (ARSAE-MG), criada em agosto de 2009 pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Em dezembro, a companhia protocolou junto à ARSAE-MG uma proposta de reajuste tarifário. "Apesar de o reajuste pleiteado objetivar apenas a recuperação dos custos incorridos desde o último reajuste, acreditamos que o cenário de médio/longo prazo se mantém favorável", falaram os analistas, que também destacam os dividendos pagos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host