UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

21/12/2009 - 13h36

Satisfação dos consumidores on-line cresce em novembro e atinge 86,71%

SÃO PAULO - Os consumidores que realizam suas compras pela web estão cada vez mais satisfeitos. Em novembro, o Índice de Confiança do e-Consumidor, desenvolvido pela e-bit, em parceria com o MIS (Movimento Internet Segura), ficou em 86,71%, a terceira melhor marca de 2009.

De acordo com o coordenador do MIS, Djalma Andrade, a aprovação verificada no penúltimo mês do ano só fica atrás das apuradas nos meses de julho e agosto, quando o índice ultrapassou 87%.

No ano, a satisfação do e-consumidor chega a 86,43%, percentual que só não é maior, na avaliação de Andrade, por conta da greve dos Correios. "Este evento pode ter provocado alguns atrasos de entregas que justificariam uma redução do índice de satisfação tanto em setembro, quando efetivamente os trabalhadores cruzaram os braços, como de outubro, quando eles voltaram a trabalhar mas se depararam com um grande acúmulo de entregas a serem feitas", diz.

Análise mensalO resultado de novembro revela que a satisfação cresceu 0,23 ponto percentual frente a outubro, quando a média de consumidores satisfeitos foi de 86,48%.

O índice de Confiança do e-consumidor avalia itens como facilidade de comprar, seleção de produtos, informação sobre os produtos, preços, navegação, entrega no prazo, qualidade dos produtos e do atendimento aos clientes, política de privacidade e manuseio e envio das mercadorias.

A avaliação dos e-consumidores é colhida por meio de pesquisas nas lojas conveniadas à e-bit (atualmente 1.800), sendo uma no ato da compra e outra após o recebimento do produto. Para a consolidação do índice do penúltimo mês do ano, foram coletadas 130.735 entrevistas em todo o Brasil, entre 1 e 30 de novembro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host