UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 14h09

Antecipação do consumo é o motivo para a queda da confiança dos consumidores

SÃO PAULO – Depois de sete meses de alta, o ICC (Índice de Confiança do Consumidor), calculado pela FGV (Fundação Getulio Vargas) apresentou desaceleração entre os meses de novembro e dezembro.

De acordo com a coordenadora técnica de análises econômicas da Fundação, Viviane Sena Bittencourt, a antecipação do consumo, ocasionada pelas desonerações de impostos promovidas pelo governo, teria sido o principal motivo para a queda.

“O brasileiro comprou em um período anterior à melhora do mercado de trabalho e agora está sentindo o endividamento, o que faz com que a confiança desacelere”, diz ela.

2010Para os próximos meses, Viviane prevê que o índice se mantenha ou continue em processo de desaceleração, pois o brasileiro já estaria preocupado com as estimativas de aumento nas taxas de juros.

Contudo, informa ela, a situação é favorável, especialmente se comparada com os índices apurados no ano passado.

ICCEm dezembro, o ICC teve queda de 2,4%, passando de 115,1 para 112,3 pontos, sendo que o ISA (Índice de Situação Atual) reduziu-se 2,7% ao sair de 123,9 para 120,6 pontos.

A diminuição também foi observada no IE (Índice de Expectativas), -2,4%, que ficou em 107,8 pontos, atingindo o menor patamar desde o último mês de maio.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host