UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 08h57

Confiança do consumidor tem queda de 2,4% entre novembro e dezembro

SÃO PAULO - A confiança do consumidor em relação à situação econômica do País apresentou queda entre novembro e dezembro de 2009, retornando a um patamar próximo ao observado no terceiro trimestre do ano passado. O decréscimo foi de 2,4%, segundo o Índice de Confiança do Consumidor, passando de 115,1 para 112,3 pontos.

Segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas), o resultado foi influenciado pela diminuição no Índice da Situação Atual, que passou de 123,9 para 120,6 pontos, um recuo de 2,7%. O Índice de Expectativas caiu 2,4%, atingindo 107,8 pontos, o menor nível desde maio de 2009.

Situação econômica localA avaliação dos consumidores em relação à evolução da situação econômica local nos seis meses seguintes apresentou piora, sendo que a proporção dos que preveem melhora reduziu-se de de 29,9% para 26,5%.

A maior contribuição para a queda do ICC em dezembro foi da situação financeira da família, que diminuiu 4,3% ao passar de 108,8 para 104,1 pontos, o menor nível desde julho deste ano (102,9 pontos). A proporção daqueles que pretendem gastar mais com esses itens foi de 9,7% para 11,2%. E a parcela daqueles que preveem gastos menores caiu de 27,5% para 26,5%.

Sobre a pesquisaA Sondagem de Expectativas do Consumidor leva em consideração os seguintes quesitos: situação econômica do País, da família, do orçamento doméstico, do grau de dificuldade de encontrar trabalho e intenções de compras de bens de alto valor.

O levantamento foi realizado entre os dias 30 de novembro e 18 de dezembro em mais de dois mil domicílios nas sete principais capitais brasileiras.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host