UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 08h12

Socopa mantém estratégia e aposta no setor de consumo em sua carteira semanal

SÃO PAULO - A corretora Socopa divulgou sua carteira recomendada para a terceira semana de dezembro, não efetuando nenhuma alteração em relação aos 11 papéis sugeridos no último portfólio.

Apostando no bom momento do mercado interno, o setor de consumo ainda representa a maior fatia da lista (25,5%), seguido por saúde (16,7%) e energia (10,9%).

Para a corretora, houve um movimento de realização de lucros na última semana, o que provocou queda generalizada de suas principais recomendações. Para esta semana, como há poucos eventos na agenda doméstica, “a volatilidade pode vir da divulgação de alguns indicadores americanos”.

A Socopa também prevê menor volume negociado nestas duas últimas semanas de 2009, além da possibilidade de “outras realizações relacionadas à diminuição de exposição para preservação da rentabilidade do ano”, concluiu.

A carteira recomendada apresentou perda de 4,59% na semana passada, enquanto o Ibovespa recuou 3,57%.

"No entanto, tivemos uma boa performance previamente, o que garante folga em relação ao índice neste final de ano", ponderou a Socopa.

No ano, a valorização dos papéis sugeridos pela corretora é de 83,25%, número 5,37 ponto percentual maior do que o rendimento do Ibovespa no mesmo período.

Confira as recomendações:

 

Empresa Código Preço teórico Upside* Peso ajustado
Vale VALE5 Em Revisão - 10,1%
Cremer CREM3 R$ 17,00 18,06% 8,7%
Bradesco BBDC4 Em revisão - 9,8%
OdontoPrev ODPV3 Em revisão - 8,2%
Randon RAPT4 R$ 21,50 42,76% 7,8%
Cemig CMIG4 R$ 40,00 32,28% 10,2%
TAM TAMM4 Em revisão - 9,9%
Dufry DUFB11 R$ 38,00 5,56% 8,1%
Petrobras PETR4 Em revisão - 9,5%
Lojas Renner LREN3 Em revisão - 7,4%
Lojas Americanas LAME4 Em revisão - 10,3%

*Potencial de valorização em 12 meses, com base no fechamento em 18/12

Vale

Apesar da expectativa de diminuição da demanda por minério de ferro, a confortável posição financeira vivida pela Vale ainda faz com que os papéis da mineradora sejam um case de investimento bastante atrativo, segundo a Socopa.

Cremer

De acordo com a corretora, "o mercado altamente fragmentado através da comercialização de materiais com sua marca própria e a distribuição de produtos de terceiros em todo o território nacional", somado a fatores como o envelhecimento da população brasileira e o aumento dos gastos per capita com saúde, além de uma maior penetração dos planos de saúde, são elementos que impulsionam o crescimento destes papéis.

Bradesco

O Bradesco é o único representante do setor bancário no portfólio. Na visão da Socopa, o segmento está atrasado em relação ao mercado, embora apresente fundamentos fortes. A expectativa é de que nos próximos meses o setor reverta as recentes provisões tomadas para enfrentar o aumento da inadimplência, trazendo impactos positivos aos resultados.

Randon

A corretora avalia a Randon como agente de longo prazo e mantém a recomendação de compra dos papéis, levando em consideração a expectativa de fortalecimento com a melhora das condições econômicas, principalmente a partir de 2010

Cemig

Os analistas continuam acreditando que através de seu plano diretor e de gestão competente a companhia deva manter os bons níveis de governança. Além disso, as previsões são de que as últimas aquisições anunciadas pela Cemig gerem um fluxo de caixa consistente, remunerando tanto seus acionistas quanto seus credores.

TAM

Líder do setor aéreo brasileiro, a companhia possui acordos de code-share com empresas estrangeiras, o que possibilita oferecer um grande número de destinos internacionais aos passageiros. Os analistas destacam também um possível impacto positivo sobre os resultados da empresa, advindo da recente alta do dólar.

Dufry

Segundo a Socopa, a Dufry se destaca no mercado por vender produtos que vão desde artigos de luxo até o segmento de bebidas, a um preço muito competitivo quando comparado com o de lojas de varejo convencionais, "o que tem proporcionado um expressivo crescimento".

Petrobras

Os analistas da corretora acreditam na divulgação de novas descobertas no médio prazo. No quesito operacional, destacam o bom desempenho da produção, embora o marco regulatório do pré-sal e o cenário internacional devam continuar ditando o ritmo das ações da estatal.

Lojas Renner

A Socopa considera que a companhia é uma das maiores redes de lojas de departamento do País, focada no segmento da classe média da população e com atuação preponderantemente em shopping centers. Apesar de os analistas acreditarem que a varejista reportou resultados "sem surpresas" no terceiro trimestre, estão otimistas em relação ao crescimento das vendas no último quarto deste ano.

Lojas Americanas

A corretora destaca a participação das Lojas Americanas no segmento de comércio eletrônico, no qual ela é líder através da subsidiária B2W. A empresa ainda oferece serviços financeiros em parceria com o Itaú, além de se ser uma das maiores redes de varejo do País.

Odontoprev

Líder no segmento de odontologia, a Odontoprev é um papel defensivo interessante em momento de alta volatilidade na bolsa, dado a baixa necessidade de capex e um fluxo de caixa previsível. A corretora também acredita que as aquisições seletivas realizadas pela empresa possibilitarão ganhos de sinergia e diluição dos custos fixos no longo prazo.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host