UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/01/2010 - 09h15

Mesmo com recuperação no final de 2009, crédito ao consumidor cai 1,2% no ano

SÃO PAULO – A procura por crédito caiu 1,2% em 2009 devido à desaceleração econômica causada pela crise financeira internacional.

O Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado nesta segunda-feira (11), apontou que, no segundo semestre do ano, aumentou em 4,5% o número de pessoas que recorreram ao crédito junto a bancos, financeiras, crediários e cartões de crédito. Mas esse aumento, segundo o levantamento, não foi suficiente para compensar o recuo de 6,8% no primeiro semestre do ano.

Mensal

Em dezembro de 2009, a procura do consumidor por crédito cresceu 1,6% em relação a novembro, o segundo avanço mensal consecutivo – de outubro a novembro, o aumento havia sido de 2,1%.

Na comparação com dezembro de 2008, o crédito cresceu 11,1%, dado que a crise financeira internacional começou a se fazer sentir na economia brasileira a partir do último trimestre daquele ano.

Por renda

A população com renda mensal de até R$ 500 foi a principal responsável pelo recuo de 1,2% na procura por crédito no ano. Apenas nessa faixa, a queda foi de 10,4% o que, segundo os economistas da Serasa, se explica pelo fato de que essa população não costuma possuir reservas e, em momentos de crise, retraem intensamente seu consumo financiado.

Por outro lado, os consumidores com renda superior a R$ 10 mil tiveram o melhor desempenho em relação à procura por crédito em 2009: elevação de 1,3% em relação a 2008, conforme tabela abaixo:

 

Índice de tomada de crédito da pessoa física

dezembro
Renda mensal Confronto mensal Confronto anual Acumulado
até R$ 500 -4,8% -3,7% -10,4%
R$500 a R$ 1.000 0,7% 8,9% -1,7%
R$ 1.000 a R$ 2.000 1,5% 16,1% 1,1%
R$ 2.000 a R$ 5.000 2,4% 10,9% -1,1%
R$ 5.000 a R$ 10.000 2,9% 7,8% -3,4
mais de R$ 10.000 1,2% 16,9% 1,3%

Fonte: Serasa Experian

Indicador

Lançado em 2009 pela Serasa Experian, o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito mede a procura por crédito das pessoas físicas durante um determinado mês. A base de dados é formada por cerca de 11,5 milhões de CPFs.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host