UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 11h15

Enchentes: veja o que fazer para evitar riscos na hora de alugar imóvel de temporada

SÃO PAULO – Nas últimas semanas, as chuvas foram as protagonistas de uma série de problemas que provocaram danos materiais e físicos em todo o País. As enchentes e os deslizamentos deixaram o descanso de muitos turistas mais triste. Muitas vezes sem ver o local, muitos acabam fechando contrato de locação por temporada em imóveis que podem representar algum tipo de risco. Nessa hora, é bom questionar quais tipos de cuidados se deve ter, antes de assinar o contrato.

“O certo é a pessoa ir lá, no local, e verificar”, aconselha o presidente do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo), José Augusto Viana. Segundo ele, evitar a locação de imóveis que ficam em encosta de morros ou próximo a essas encostas também ajuda. “Quando menos se espera, o problema acontece”, diz.

Para evitar problemas  

Viana ressalta que, para construir e manter um imóvel em áreas próximas as de preservação ambiental ou mesmo em áreas de encostas, é preciso ter autorização do Poder Público. Porém, nem sempre ela basta. “Vale lembrar que as construções que passaram por problemas estavam autorizadas”, ressalta. “Não quer dizer que a natureza não vá se rebelar”.

Ir ao local antes de assinar o contrato é o ideal, porém, nem sempre os contratos são fechados mediante visita prévia. Mesmo a quem não puder conferir de perto o que está locando, Viana aconselha a procurar corretores e imobiliárias confiáveis e que sejam da região onde se quer ficar.

“Nós aconselhamos sempre a pessoa, quando vai fazer esse tipo de locação, fazer isso com um corretor ou escritório imobiliário estabelecido na região”, afirma o presidente do Creci-SP. “Porque nessa relação, tecnicamente e profissionalmente, o corretor está obrigado a apresentar uma descrição clara da propriedade”.

Ele afirma que, caso um corretor diga que a área não é de risco e o locatário conferir de perto que ela pode ser, há a possibilidade de exigir o que foi pago de volta. Por isso, Viana enfatiza: “através do corretor e da imobiliária da localidade, dá para fazer uma locação segura e tranquila”.

Quem ficar na dúvida pode consultar o site do Creci-SP (www.crecisp.gov.br) e buscar por profissionais cadastrados no conselho.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host